terça-feira, 30 de julho de 2013

o amor é cruel

Luyzz Sérgio Máximo e Sérvulo
Sérvulo Luizz e Armandinho



o amor é cruel

me pinte um retrato
vou lhe mostrar uma fotografia
o vento vai sussurrar no seu ouvido
o amor é cruel
o amor é cruel
quase sempre assim
o amor é cruel
quando chega ao fim

caco de vidro pés descalços
agora um aviso uma visão
com tudo o que sei mas eu divudo
o amor é o céu
amor é o céu
quando chega ao fim

o amor é cruel


Luizz Ribeiro


Nenhum comentário:

Postar um comentário